sábado, 6 de outubro de 2007

Menina Jackie


Menina moça olhar que provoca arrepio
No seu sorriso me vejo transparecer
Seus olhos triangulares irradiam sua alegria
Seus lábios macios me envolvem no beijo

A mulher cresce em você
A menina se perde na fumaça do seu cigarro
Louca desvairada mulher
Bêbada drogada

Surge então o prazer
A vontade de sempre mais
Os beijos se intensificam
Olhares atentos à mesa

Quem se importa?
Nós. Somente nós
E nada mais importa

Em meio a tantas no mundo
Eu encontrei você
E no seu olhar
Eu vejo que encontrou a mim

Nem a loucura do pó
Do álcool ou da maconha
É maior que a loucura do amor

Canta.
E seu canto são os seus versos mais magníficos
Ora, pois, nessas horas tudo vira musica

Tudo vira sorriso
Tudo vira tóxico
Tudo vira você mulher
Tudo vira eu amante
Tudo vira amor

Tudo cresce e espalha-se
Brota nas nuvens
Perde-se no céu
Para reaparecer dias depois
Em forma de tatuagem
Ou de estrela cadente


Yuri Rabelo

Um comentário:

Jackie disse...

somos tudo isso e muito mais... te amo!